Pesquise neste blog

INDÚSTRIA AUTOMOTIVA: VIDROS BLINDADOS BLINDEX SÃO FABRICADOS E VENDIDOS NO BRASIL


Lançamento da marca Blindex|HG para vidros blindados
Blindex, referência em tecnologia de vidros e agora no segmento de blindagem nas linhas automotiva e arquitetônica, são fabricados no Brasil com exclusividade pela HIGH GLASS, com garantia de cinco anos.
"A nossa maior vantagem é a garantia de uma empresa com mais de 66 anos de história no mercado brasileiro de vidros. Temos o diferencial do conhecimento da Blindex pelos consumidores finais, pois é uma marca já consolidada", afirma Manoel Dimas Salesse, CEO da High Glass.
Com a produção dos vidros com a marca BLINDEX | HG, bem como com a marca HG, a estratégia da empresa é a conquista da confiança do consumidor da linha automotiva em poder estar utilizando um vidro blindado com a mesma marca de um vidro original utilizado pelas montadoras.
"Com isto temos a pretensão de estarmos posicionados entre as três maiores produtoras de vidros blindados do Brasil", confia o empresário, que pretende com a linha de vidros blindados arquitetônicos ser uma referência para construtoras e arquitetos em projetos especiais de segurança.
Com sede em Atibaia (SP), a High Glass obteve homologação da Pilkington - empresa internacional controlada pelo NSG Group -, e passa a produzir os vidros blindados arquitetônicos e automotivos com a marca BLINDEX, que terá como visão ser a grife do vidro blindado.
"Esta grande conquista foi possível graças a um alinhamento entre as duas empresas durante um período de seis meses, em que foram analisados todos os processos e certificações que o produto requer. As principais exigências de negociação da Pilkington foram primeiramente com a segurança e complementarmente com a qualidade", enfatiza Dimas. Com a chegada da BLINDEX a estrutura organizacional da High Glass foi totalmente remodelada, com contratação de novos engenheiros e técnicos especialistas em vidros blindados.
Visite www.highglass.com.br
Curta www.facebook.com/vidroshighglass/
São Paulo, SP (DINO) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário