Pesquise neste blog

Dono de veículo danificado durante poda de árvore deve ser indenizado

Na manhã de hoje, 17 de julho, o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Nelson Missias de Morais, recebeu o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, para uma visita de cortesia. Da reunião também participou o superintendente administrativo adjunto do TJMG, desembargador Alberto Diniz Junior.
Na ocasião, em tom informal, foram discutidos a questão orçamentária e financeira, que impacta o Estado e precisa ser enfrentada pelos gestores públicos com criatividade e austeridade. Ambos os líderes também apontaram o déficit de pessoal e a necessidade de recompor os quadros de suas respectivas instituições.
Além disso, o presidente e o prefeito discutiram a possibilidade de projetos conjuntos, a exemplo do Execução Fiscal Eficiente, que permite que dívidas tributárias até um determinado valor não sejam objeto de ações judiciais, mas sejam resolvidas de forma mais ágil por meios administrativos, iniciativas voltadas para a judicialização da saúde e os precatórios do Executivo municipal.
O presidente Nelson Missias expôs a sua estratégia de gestão, que prevê um planejamento de curto, médio e longo prazo, e objetivos a serem alcançados em cada um desses períodos no escopo dos dois anos de sua administração. Ele também afirmou que pretende investir tanto na área-meio como na área-fim, mas sempre com o foco na melhora e na ampliação da prestação jurisdicional.
Minha proposta é trazer boas práticas empresariais para que essa gestão, embora relativamente breve, dê frutos de estabilidade e continuidade, destacou, acrescentando que uma de suas expectativas é dar início ao projeto de unificação de todo o Tribunal - incluindo setores administrativos diversos hoje dispersos pela capital - em um mesmo local.
Fonte: Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais

Nenhum comentário:

Postar um comentário