Pesquise neste blog

Vale a pena comprar carros recuperados de financiamento?


Se você chegou nesse artigo é por que já pensou em algum momento comprar carros recuperados de financiamento, não é mesmo? Valores mais baixos e a possibilidade de conseguir modelos caros com descontos de até 50%, são os pontos que mais atraem e conquistam quem está buscando por um carro novo.
Mas, será que realmente vale a pena entrar em leilões de financeiras para comprar um carro? Quais as vantagens e riscos de comprar um carro recuperado?
Neste artigo, vamos explicar como esse tipo de leilão funciona e o que deve ser considerado antes de você começar a pensar em comprar carros recuperados de financiamento. Confira!

O que são carros recuperados de financiamento?

Os carros recuperados de financiamentos são aqueles veículos que um dia foram vendidos, normalmente, por pátios ou concessionárias e financiados por alguma instituição financeira. Legalmente, o carro financiado não é de propriedade integral do comprador, até que ele quite a dívida com o seu credor.
Funciona assim: o comprador, possui a chamada “posse direta”, enquanto paga suas prestações e, enquanto isso, o veículo é de propriedade fiduciária da financeira ou banco, que custeou o veículo.
Por isso, após o não pagamento de uma ou mais parcelas – dependendo das variadas cláusulas do contrato – o veículo pode ser retomado judicialmente.
Assim que o mandado de busca e apreensão é expedido, o oficial de justiça localiza o devedor e retoma o veículo. O devedor possui um prazo de cinco dias para o pagamento da dívida que se não for cumprido, o veículo passa para a propriedade plena do credor que poderá levar o carro a leilão para pagamento da dívida.

Como funcionam leilões de carros recuperados?

Os editais são publicados com antecedência pelos próprios bancos e instituições financeiras que recuperam os carros em dívida. Geralmente, os pregões são realizados por empresas leiloeiras terceirizadas.
Os leilões podem ser realizados de forma presencial ou online, e os lances mínimos são calculados pela própria financeira, que avalia o veículo e a situação da dívida. Os veículos arrematados têm suas dívidas quitadas com o credor e, quando sobra algum valor, ele vai diretamente para o antigo dono do veículo.
Os leilões organizados por financeiras são considerados mais fáceis de se negociar e possuem uma burocracia menor, já que os veículos que se encontram por lá estão em plenas condições de circulação.
Além disso, a chance de encontrar carros novos é muito maior em leilões de carros recuperados de financiamento.

Quais as vantagens de carros recuperados de financiamento?


Comprar carros recuperados de financiamento é vantajoso, mas requer cuidados.

As vantagens são claras! Os carros recuperados de financiamento possuem valores até 50% abaixo do preço de mercado e geralmente estão com a documentação em dia e boas condições de uso.
Além disso, nos leilões de financiadoras é possível encontrar veículos realmente novos por preços incrivelmente baixos. Esse foi o caso de um Toytota Hilux, com apenas 18.687 km rodados, que foi a leilão por R$106.400.
No mesmo dia do leilão, era possível encontrar modelos de Hilux do mesmo ano e com as mesmas especificações, com um valor a partir de R$106.900, mesmo estando com quase o triplo da quilometragem rodada. Um modelo 0km, desse mesmo modelo não sairia por menos de R$120.000.
É possível também encontrar aquele carro de luxo que você deseja pelo valor de um carro popular, ou até mais barato. É o exemplo da BMW 320i, que foi para leilão com um lance inicial de R$23.500! O mesmo modelo, no Mercado Livre, não saía por menos de R$49.890 no dia do leilão.
Já imaginou poder rodar com o carro dos seus sonhos, economizando quase a metade do valor que gastaria se fosse buscá-lo em uma loja? Com os leilões de carros recuperados de financiamento, qualquer pessoa que tenha uma reserva financeira pode comprar o carro dos sonhos!

Quais os contras dos carros recuperados de financiamento?

A grande desvantagem de comprar carros em leilões, se encontra na hora de fechar um seguro. A maioria das seguradoras possui alguma resistência ou ressalva sobre os carros de leilão. As que aceitam o seguro, costumam cobrir apenas parte do valor do veículo.
Além disso, se o carro arrematado no leilão vier com algum tipo de problema ou necessidade de manutenção, o novo dono precisará arcar com as despesas.
Devemos ressaltar que o pagamento de um carro arrematado em leilão precisa ser feito à vista. Neste ponto, não consideramos uma desvantagem, já que o novo dono não ficará com uma dívida ao adquirir o veículo. Contudo, é necessário que haja um planejamento e economia, antes de buscar por leilões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário